Workshop pela erradicação do trabalho infantil reuniu formas de enfrentamento

Realizado no Maranhão nesta segunda, 27, o 3º Workshop sobre prevenção do trabalho infantil reuniu formas de enfrentamento. Realizado pelo Tribunal Regional do Trabalho no Maranhão (TRT), com apoio do fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, Ministério Público do Trabalho e Superintendência Regional do trabalho no Estado do Maranhão, o workshop concluiu que uma das piores formas de trabalho infantil ainda é o trabalho doméstico.

Para Maria Isabel, diretora da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad) e do Sindoméstico MA, a conclusão é acertada: “As condições de trabalho para os adultos nem sempre são favoráveis. Uma criança trabalhar já é uma violação tremenda e o trabalho doméstico em precárias condições prejudica ainda mais. São costumes antigos ainda praticados e que devem ser combatidos”, disse a sindicalista.

adolescentes ma 3 adolescentes MA adolescentes ma2