Domésticos do mundo unidos

As Trabalhadoras e os trabalhadores domésticos estão se organizando mundialmente para impugnar sua invisibilidade público assim como suas condições laboráis análogas à escravidão, através da transformação de sua rede internacional IDWN em uma federação de caráter mundial. A transformação foi decidida por representantes de 48 organizações de domésticos de 42 países no Congresso de fundação da Federação Internacional de Trabalhadoras e Trabalhadores Domésticos (IDWF) em Montevideo no Uruguai entre os días 26 e 28 de outubro.

As delegadas e delegados também adotaram os estatutos da nova federação e elegeram um comité executivo e em cada região há um representante. As autoridades do comité director da rede IDWF recebeu o respaldo do congresso para continuar como dirigentes da IDWF durante os próximos cinco anos.
A IDWF manterá seu estreito vínculo com a UITA, a qual facilitou a base organizativa da rede, uma vez que a entidade WIEGO (Mulheres em emprego informal: organizando e globalizando) a brindou com seu contínuo apoio. A IDWF procurará a autorização da direção da UITA para establecer um grupo especial dentro da entidade.

Contando com o apoio do comité organizador, que inclui a Secretaria Regional da UITA, a central sindical nacional PIT-CNT e o sindicato uruguaio das Trabalhadoras domésticas SUTD, o governo do Uruguai declarou que o congresso é um evento de interesse nacional. O Congresso, que aconteceu no Palácio Municipal, foi inaugurado pelo prefeito de Montevidéo, autoridades governamentais e representantes dos sindicatos, sendo finalizado pelo presidente da República. O primeiro país a ratificar a Convenção 189 da OIT foi o Uruguai e conta com um sindicato de Trabalhadoras domésticas bem estabelecido, um dos primeiros a negociar uma convenção coletiva em escala nacional.

Entre os muitos convidados e moderadores, se fizeram presentes representantes da OIT, WIEGO, CSI/CSI-TUCA, Conlactraho – Confederação Latinoamericana e do Caribe de Trabalhadoras Domésticas, Global Labor Institute, Centro Flora Tristan do Perú, a Federação Internacional de Associações para a Educação dos Trabalhadores em Direitos Humanos.